Impressão 3D Sustentável

Sustentabilidade: A impressão 3D é sustentável?

Impressão 3D e sustentabilidade são assuntos extremamente atuais. A pergunta que fica é: a Impressão 3D é sustentável?

O que é uma manufatura sustentável?

A definição de manufatura sustentável é: aquela que cria produtos através de processos que minimizem os impactos negativos ao ambiente, além de conservar energia e recursos naturais. Também devem ser seguros para os funcionários, comunidades e consumidores, e economicamente viáveis.
Os processos de manufatura subtrativa, como a fresagem, removem grande quantidade de material de uma peça bruta para atingir o produto desejado, resultando num grande acúmulo de resíduos do material. Ao contrário, os processos de manufatura aditiva, em geral, fazem a adição do material necessário para produzir a peça desejada. Além disso, a maioria das matérias-primas podem ser recicladas ou reutilizadas. Dessa forma, este tipo de manufatura não desperdiça material.

Impressora 3D

Impressão 3D com quase zero desperdício de material.

Impacto sobre a Pegada de Carbono dos Produtos

A impressão 3D também pode contribuir para a redução da pegada de carbono dos produtos, de forma que será possível diminuir, ou até mesmo eliminar, fretes destes com o envio do projeto digital. Com este projeto, pode-se imprimir no local mais próximo de onde o produto é requerido. Assim, também é possível diminuir cadeias complexas de suprimentos com fornecedores espalhados pelo mundo todo e diminuir a produção em excesso, que consequentemente diminuiria o custo com armazenamento em estoque. Isso somente pode acontecer devido ao fato de que a curva de aprendizagem para se utilizar uma impressão 3D é relativamente pequena, de forma que não é necessário ter um especialista para obter sucesso e ser possível a produção rápida e sob demanda.
Devido ao fato de que é possível produzir peças complexas em impressoras 3D, também é possível desenvolver projetos com um menor número de componentes e de materiais utilizados. Com isso, a energia total do processos de produção do produto é reduzida. Além disso, o projetista pode criar estruturas internas com alívio de peso mantendo as propriedades. Por exemplo, criar treliças no interior, ao invés de um produto maciço, mantendo a resistência.

 

A Afinko Polímeros realiza ensaio em produtos impressos em 3D. Caso tenha interesse, entre em contato conosco por aqui.

 

Gostou da matéria?
Acesse outras em nosso blog: www.afinkopolimeros.com.br/blog

 


Nós recomendamos:
MANI, M.; LUONS, K. W.; GUPTA. S. K. Sustainability Characterization for additive Manufacturing. Journal of Research of the National Institute of Standards and Technology. Volume 119. 2014.
CAMPBELL, T.; WILLIAMS, C.; OLGA, I.; GARRET, B. Could 3D Printing Change The World? Strategic Foresight Report. Atlantic Council. Washington, 2011.
REDWOOD, B. Additive Manufacturing Process. 2017. Disponível em: https://www.3dhubs.com/knowledge-base/additive-manufacturing-process