Tubos PVC

PVC e ftalatos podem se tornar prejudicial à saúde. Entenda a relação!

O PVC pode se tornar prejudicial à saúde quando plastificantes do tipo ftalatos são utilizados na composição do produto.

O PVC (policloreto de vinila) é o segundo polímero comercial mais consumido em todo mundo. As resinas desse material estão presentes em aplicações de diversos segmentos domésticos e industriais. Ele pode ser encontrado na construção civil, onde é mais popular, mas está presente também em diversas outras áreas, como o setor de embalagens, agrícola e calçadista.

Antes de continuar lendo, acesse o link e faça já o download do e-book gratuito sobre Identificação de plásticos e borrachas:https://afinkopolimeros.com.br/e-book-identificacao-de-materiais/

O maior diferencial desse polímero em relação aos demais termoplásticos é a sua versatilidade em relação a diversas propriedades que podem ser alcançada. Essa atribuição vem da capacidade das resinas de PVC poderem ser incorporadas a uma larga gama de aditivos que, por sua vez, são responsáveis por atribuir diferentes propriedades, de acordo com a estrutura química desses componentes, bem como o teor adicionado ao polímero puro. Dessa forma torna-se possível a produção de produtos para vários setores industriais, atendendo diversas propriedades de aplicação.

 

Tubos PVC

Exemplos de produto feito de PVC.

Qual a relação entre PVC e plastificante?

Entre os principais aditivos que são incorporados às resinas de PVC, responsáveis pela grande gama de propriedades que podemos alcançar com esse polímero (estabilizantes, cargas e lubrificantes), os plastificantes tem um papel muito importante na comercialização desse termoplástico, afinal é o aditivo que pode levar o PVC de uma resina rígida até um material com alto grau de flexibilidade.

Nós já escrevemos um texto sobre plastificantes, acesse o texto no blog através do link: https://afinkopolimeros.com.br/plastificante-a-magica-da-industria/

Entre uma grande variedade de plastificantes incorporados às resinas de PVC na indústria, o ftalatos são conhecidos por serem os plastificantes mais utilizados para esse tipo de polímero. Esses produtos são compostos orgânicos conhecidos por terem uma baixa massa molecular, que quando aplicado em altos teores são capazes de tornar produtos produzidos com PVC extremamente flexíveis, o que é muito importante para algumas aplicações que necessitam desse tipo de propriedade.

Mas qual a relação disso com a saúde?

Uma questão muito importante em relação ao uso de ftalatos incorporados a materiais é que esse tipo de composto orgânico é conhecido por ser responsável por causar diversos problemas de saúde. Esses problemas podem ocorrer quando esses materiais se desprendem da estrutura e são liberados no ar, podendo ser ingeridos ou inalados. Já foi comprovado a influência desse componente em quadros de saúde que envolvem problemas no fígado, rins, bem como problemas no pulmão e até mesmo câncer.

Portanto, a identificação desses compostos em produtos compostos por resina de PVC tornou-se de extrema importância ao se tratar de saúde. De acordo com isso, em 2007 o Inmetro publicou a portaria 369. Este documento específica o teor aceitável de alguns ftalatos (0,1% em relação à massa do produto) quando estes serão aplicados a brinquedos destinados a criança com menos de 3 anos. Desta forma, fica garantido que crianças não tenham contato com a substância que pode causar danos diversos à saúde.

Qual tipo de ensaio é capaz de determinar o teor de ftalatos?

Para se determinar o teor de ftalatos em produtos desenvolvidos com resina de PVC pode-se utilizar o ensaio de Cromatografia Gasosa com Espectrofotômetro de Massas (GC-MS). Essa técnica é responsável por separar compostos químicos através de uma coluna de gás e identificá-los eletronicamente.

Aqui no nosso blog há uma matéria sobre o ensaio de cromatografia.
Acesse agora e saiba mais: https://afinkopolimeros.com.br/3-tecnicas-de-cromatografia-mais-usadas/

A Afinko Soluções em Polímeros realiza o ensaio de cromatografia fase gasosa. Caso tenha interesse em realizar o ensaio, entre em contato conosco através do e-mail: contato@afinkopolímeros.com.br ou pelo telefone: (16) 3307-8362.

Gostou da matéria?

Confira muitas outras: https://afinkopolimeros.com.br/blog

Siga a gente nas redes sociais: https://www.facebook.com/afinkopolimeros

Siga-nos no instagram: @afinkolab (https://instagram.com/afinkolab)