Você sabe pra que serve os Ensaios Físicos e Ensaios Químicos?

Nós realizamos os dois tipos de ensaios. Saiba agora qual você deve escolher.

 

É comum aqui na Afinko nós recebermos solicitações para analisar diversos tipos de materiais e diversas propriedades.

Entretanto, sem dúvida alguma, a grande maioria está entre os grupos de ensaios físicos e ensaios químicos. Cada um desses grupos possui uma grande finalidade.

Nos tópicos abaixo, vamos explicar e exemplificar estes grupos.

Mas antes, você já se inscreveu nos nossos cursos de Caracterização Mecânica e no de Análises Químicas?

Inscreva-se através dos links:

Ensaios Mecânicos Ensaio de Flexão

Figura: Imagem do nosso equipamento de Ensaio de Flexão. 

Ensaios Físicos

Ensaios de densidade, flamabilidade, teor de carga e de umidade, absorção de água, contração pós-moldagem e colorimetria são alguns exemplos. Impacto, tração, flexão, rasgamento, compressão e dureza também são.

Com os ensaios deste grupo é possível analisar como o material/produto se comporta. Dessa forma, observando, por exemplo, se ele se comporta como o planejado ou como projetado.

Em geral, são propriedades de nível macroscópico.

Determinação-de-Grupos-Funcionais-por-Titulação

Figura: Ensaios Químicos

Ensaios Químicos

Os ensaios que compreendem este grupo são: Espectroscopia no Infravermelho (FTIR), Espectroscopia na região do ultravioleta-visível (UV-VIS), Fluorescência de Raios-X (FRX), Difração de Raios-X (DRX), Cromatografia Gasosa Acoplada a Espectrometria de Massas (GC-MS), Cromatografia Líquida Acoplada a Espectrometria de Massas (LC-MS), Teor de Extraíveis, Determinação de Grupos Funcionais por Titulação, Ressonância Magnética Nuclear (RMN), dentre outros.

A proposta destes ensaios é analisar porque o material se comporta daquela forma. Através deles nós podemos observar a presença de certas estruturas químicas, permitindo concluir a presença de aditivos ou contaminantes.

E qual escolher?

A melhor resposta para essa pergunta é: DEPENDE.

Sim! Depende. Isso porque fica na pendência do que você quer analisar.

Se a intenção é analisar COMO o material se comporta, provavelmente o ensaio mais indicado será algum ensaio físico.

Mas, se a sua intenção é analisar PORQUE o material se comporta daquela forma, provavelmente será alguma análise química.

O ideal é combinar estes grupos para ter um entendimento mais completo do material ou produto.

 

Gostou da matéria?
Acesse outras em nosso blog: www.afinkopolimeros.com.br/blog

Tem interesse em saber algum “COMO” ou algum “PORQUE” do seu material ou produto?
Entre em contato conosco: https://afinkopolimeros.com.br/contato/

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] texto aqui nós comentamos sobre as análises físicas e químicas e suas […]

Os comentários estão fechados.