Colete à prova de balas

Kevlar: O polímero mais resistente que o aço!

A resistência do kevlar é sete vezes maior que a do aço por unidade de peso

O Kevlar é um dos polímeros que mais salva vidas nos dias de hoje. Entretanto, encontramos ele não só o colete à prova de balas, mas em muitos outros produtos.

É um polímero pertencente ao grupo das poliaramidas devido a presença de anéis benzênicos e amida, que fica entre estes na estrutura polimérica. É obtido através da polimerização de adição do ácido tereftálico com p-benzenodiamina.

Estrutura química do Kevlar

Figura: Estrutura química do Kevlar

As incríveis propriedades do Kevlar

Além da incrível resistência mecânica e ao impacto (que permite não ser perfurado por uma bala), apresenta um elevado módulo elástico, uma boa resistência à corrosão, a ataque químico e baixo peso. Possui excelente resistência ao calor, isso é constatado devido ao fato que este só queima após ser exposto por 8 segundos a temperaturas acima de 1000°C.

Somado a isso, consegue manter suas propriedades mesmo em baixíssimas temperaturas. Mantem-se flexível e maleável em temperaturas de -195°C, onde fica ainda mais resistente.

Um pano mais resistente que o aço

Como este polímero poderia ser mais resistente que um aço sendo que pode até mesmo ser confundido com um pano?

Para se ter uma ideia, a resistência do kevlar é 7 vezes maior que a do aço por unidade de peso. Isso se deve devido ao fato de o kevlar ser diferente aos outros polímeros. Suas fitas poliméricas se atraem de tal maneira que formam camadas extremamente rígidas. Além disso, macroscopicamente, as fibras deste polímero absorvem e dissipam a energia de impacto, diminuindo a velocidade do objeto. Assim, devido a essa alta resistência, ele é capaz de suportar um projétil sem que ele rasgue.

Camadas de cadeias poliméricas de Kevlar

Figura: Camadas de cadeias poliméricas de Kevlar

Agora, uma outra pergunta: se é tão resistente, por que não o utilizar como componente estrutural na construção civil?
Essa impossibilidade vem do fato de que o kevlar apresenta baixa resistência à compressão, diferentemente do aço. A compressão é uma das maiores solicitações nas estruturas de construção.

Não serve só para parar balas

Além do seu uso mais conhecido, o kevlar possui muitas outras aplicabilidades devido as suas variações. A mais famosa é o Kevlar 29, usada nos coletes à prova de balas, mas também está presente nas pastilhas de freio e como substituto do amianto. É possível encontrar também nas roupas de proteção contra fogo.

Há também o Kevlar 49, muito mais resistente e menos maleável, encontrado em cascos de barcos e quadros de bicicletas.

Gostou da matéria?
Acesse nosso blog e saiba mais: https://afinkopolimeros.com.br/blog/