como identificar polimeros

Como identificar uma mistura de polímeros?

Os ensaios DSC e FTIR são bastante relevantes e trazem informações complementares para a análise de mistura de polímeros.

A mistura de diferentes tipos de polímeros, é uma alternativa utilizada por vários produtores de resinas, uma vez que possibilita a obtenção de materiais com um melhor balanço de propriedades, atendendo requisitos para diversos tipos de aplicações.

Você sabia que a Afinko possui um Instagram?
O nosso instagram é: @afinkolab (https://instagram.com/afinkolab)

Porém, a natureza de cada constituinte, a proporção e a miscibilidade de cada fase são fatores que quando não escolhidos de maneira correta podem causar problemas de qualidade e desempenho em peças compostas por estes tipos de materiais.

como identificar polimeros

Figura: Imagem ilustrativa de mistura de polímeros.

 

Por que identificar uma mistura de polímeros?

Identificar uma mistura de polímeros é fundamental para controle de qualidade e homologação de fornecedores. Ao realizar as análises, é possível verificar se a amostra analisada é realmente aquela adquirida, evitando diversos problemas.

Um dos problemas está no fato de que nem todos os materiais são indicados para formar blendas, ou serem misturados. Isso pode ocasionar problemas de processamento e incompatibilidade, fazendo com que as propriedades finais da mistura polimérica sejam inferiores ou diferentes daquelas desejadas.

Existem relatos, por exemplo, de misturas de PVC com Poliacetal (POM) que, durante o processamento, causaram explosões que danificaram o equipamento, fazendo com que algumas peças voassem à metros de distância.

Quais ensaios são utilizados para determinar uma mistura de polímeros?

Ao se analisar uma possível mistura de polímeros, diferentes ensaios podem contribuir para a identificação de sua composição. Cada um desses ensaios fornece um tipo de informação, sendo uma complementar às outras e capaz de detalhar cada vez mais os componentes e sua morfologia. Dentre os mais utilizados estão:

Ensaio de Calorimetria Diferencial Exploratória (DSC)

Esta análise térmica submete a amostra à uma varredura de temperatura em função do tempo, ao mesmo tempo que realiza medidas das variações energéticas que ocorrem neste processo. Como resultado do ensaio, uma curva com as transições térmicas ocorridas é gerada.

Desta forma, em alguns casos, dependendo da fração de cada polímero na composição e do ponto de fusão de cada um destes materiais, é possível extrair informações da curva gerada, confirmando se a amostra é constituída por uma mistura de polímeros.

 

A Afinko possui um e-book gratuito sobre Identificação de Polímeros.
Baixe agora: E-book: Identificação de Materiais – Plásticos e Borrachas – Afinko (afinkopolimeros.com.br)

 

Espectrometria no Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR)

A análise de FTIR permite a identificação dos grupamentos químicos presentes na amostra de acordo com os espectros de absorção da amostra, tornando-se uma ferramenta importante na investigação e identificação de misturas de polímeros, principalmente se utilizada em conjunto com outras técnicas, como por exemplo a análise DSC, já que uma delas

Nós já escrevemos um texto sobre esta análise.
Acesse já pelo link: https://afinkopolimeros.com.br/o-que-e-analise-de-ftir/

Microscopia Eletrônica de Varredura e Microscopia Eletrônica de Transmissão (MEV e MET)

Por fim, no processo de identificação de misturas poliméricas, os microscópios eletrônicos, tanto MEV (Microscópio Eletrônico de Varredura) quanto MET (Microscópio Eletrônico de Transmissão) podem fornecer dados sobre a compatibilização, dispersão da mistura, a morfologia e qualidade da interface.

 

A Afinko realiza estes ensaios com o objetivo de identificar misturas de polímeros.

Caso tenha interesse, entre em contato: https://afinkopolimeros.com.br/contato

Gostou da matéria?

Confira muitas outras: https://afinkopolimeros.com.br/blog

 

Siga a gente no Facebook: https://www.facebook.com/afinkopolimeros

E no Instagram: @afinkolab (https://instagram.com/afinkolab)