Símbolo da Reciclagem

Aprenda agora os motivos da reciclagem ser tão importante

O que é Reciclagem?

A definição de reciclagem pode ser encontrada na lei n° 12.305, que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Segundo ela a Reciclagem é o processo em que há a transformação do resíduo sólido que não seria aproveitado, mudando seu estado físico, físico-químico ou biológico, atribuindo características ao resíduo para se tornarem novamente matéria-prima ou produtos.

Não é de hoje que se fala ou se discute a Reciclagem de materiais. No século XX, a questão do lixo já não girava em torno apenas do descarte de materiais orgânicos. O destino de todo esse lixo (inclusive o industrial) também consistia em um grande problema. Até a metade do século, EUA e Europa jogavam grande parte do lixo coletado nos mares, rios e áreas limítrofes.

Assim, surgiu a necessidade de encontrar alternativas a estocar o lixo em aterros ou descartá-los de forma irregular no ambiente. Isso pois grande parte deste lixo demora muito mais tempo para se desintegrar. Dessa forma, a reciclagem assumiu um papel importante diante de tal necessidade. Hoje em dia, reciclar é mais do que necessário. A maioria dos países tem essa preocupação, apoia programas ambientais e, consequentemente, de reciclagem.

No geral, a reciclagem de plástico descartado consiste, basicamente, em três processos:

  • Coleta e separação: que é separação dos resíduos de acordo com o seu material.
  • Revalorização: é a fase na qual o material já separado passa por um processo que faz com que ele volte a ser matéria-prima.
  • Transformação: fase em que o material transformado em matéria-prima volta a ser produto.
Projeto Lightie que utiliza garrafa pet para iluminação

Projeto Lightie que utiliza garrafa pet para iluminação

 

Pontos importantes na utilização de reciclados

O Plástico (polímero) é tido como o principal vilão quando se trata de descarte e acumulo de lixo. No Brasil o plástico corresponde a 13,5%, conforme dados da ABIPLAST, dos materiais descartados (Papel, Alumino, Vidro, Material Orgânico, Aço).

No Brasil, de acordo com a associação sem fins lucrativos CEMPRE (O Compromisso Empresarial para Reciclagem), o faturamento das cooperativas de catadores cresceu 311%, com ganhos de produtividade que superam 50% (em tonelagem/dia) no período de 2010 a 2014.

Cada vez mais tem-se buscado utilizar polímeros reciclados em diferentes produtos e aplicações, sendo uma forte tendência nas indústrias de eletroeletrônico e automotiva, que são grandes consumidoras de polímeros.

Porém alguns pontos importantes na utilização de polímeros reciclados podem e/ou devem ser discutidos:

  1. Propriedades técnicas devem ser avaliadas: em geral a reciclagem acarreta perdas de propriedades nos polímeros. Se não houver controle adequado do processo, a contaminação e mistura de materiais pode acarretar diferentes tipos de problemas. Assim, uma boa avaliação e validação do material deve ser realizada antes de sua utilização.
  2. A utilização de material reciclado se dá por exigências, normas, leis, preocupação ambiental ou por marketing e custo?
  3. Cadeia produtiva eficiente: se não houver a participação de todos os envolvidos: Consumidor (pessoas, comércio e industrias com descarte adequado), governos (coleta e destinação adequadas), cooperativas e transformadores, como há viabilidade e crescimento do processo de reciclagem?
Cadeia produtiva de reciclagem

Cadeia produtiva de reciclagem

 

Gostou da matéria? Se inscreva na nossa newsletter para receber mais textos!

Acesse nosso blogwww.afinkopolimeros.com.br/blog

5 respostas

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] do polietileno são: inerte, atóxico, pouca estabilidade dimensional, fácil processamento e reciclável. Propriedades como resistência à tração e fadiga variam conforme no […]

  2. […] deles serem tão úteis. Ainda por isso que devemos nos atentar ao descarte correto e buscar a reciclagem, para evitar que os plásticos fiquem pelos aterros sanitários, rios e […]

  3. […] a melhor solução é a reciclagem. Esta, como explicado neste texto do nosso blog, é um processo de transformação de um resíduo sólido que não seria aproveitado. […]

  4. […] que inclui desde a exploração dessa matéria-prima, em seu meio ambiente natural, até o seu retorno à natureza, passando pelos circuitos produtivos, de consumo, de recuperação, tratamento e eliminação […]

  5. […] e privados transparência no gerenciamento de seus resíduos. Contém vários incentivos à reciclagem e à reutilização dos resíduos sólidos, bem como a destinação adequada dos […]

Os comentários estão fechados.